BDBComp
Parceria:
SBC
Uma avaliação das redes tolerantes a atrasos e desconexões através de traces reais de mobilidade humana

Carlos Alberto Vieira CamposRafael de M. S. FernandesLuis Felipe M. de Moraes

As redes tolerantes a atrasos e desconexões caracterizam-se pelas suas conexões intermitentes. A movimentação dos usuários é uma das causas dessa intermitência. Assim, avaliar essas redes sob a influência da mobilidade real é cada vez mais importante. Dentro desse contexto, neste artigo é descrita uma captura de mobilidade humana em um cenário real através de equipamento de GPS. Essa mobilidade foi utilizada na avaliação de desempenho, via simulação, das redes tolerantes a atrasos e desconexões, e foi comparada com simulações utilizando alguns modelos de mobilidade da literatura. Como resultados dessa avaliação foram obtidas as distribuições do tempo de contato e entre contato dos usuários. Além disso, os protocolos de roteamento Epidêmico, PROPHET e Spray and Wait foram avaliados e os resultados obtidos indicaram que o desempenho destes protocolos, quando influenciados pela mobilidade real, é bastante diferente ao ser comparado com os resultados usando modelos sintéticos.

http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/sbrc/2009/055.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD