BDBComp
Parceria:
SBC
Vanessa MarquiafávelClaudia Zavaglia

Mapas Urbanos Digitais do Censo 2000: uma abordagem tecnológica

Daniel Albert SkabaSônia Luiza Terron

As bases cartográficas urbanas dos censos provêm de órgãos públicos estaduais ou muni-cipais e da iniciativa privada, uma vez que o IBGE não é produtor de mapeamento em escalas cadastrais. A diversidade na construção nacional de bases urbanas convencionais e digitais ao nível cadastral, assim como a necessidade de adequá-las à operação estatística, implicou na construção de uma linha de produção completa para viabilizar o mapeamento urbano do Censo 2000. Foi definido o padrão IBGE_CENSO2000, assim como a metodologia e os aplicativos computacionais para as funções de conversão, digitalização, impressão de mapas de localidades e setores e a geração de malhas polígono dos setores 2000. Este trabalho mos-tra o esforço para uma mudança tecnológica com o desenvolvimento e a implantação de aplicativos que tornasse possível, dentro da realidade nacional, a construção de uma mapoteca CAD padronizada com Mapas de Localidades e de Setores Urbanos para todas as cidades e vilas do Brasil.

http://www.ip.pbh.gov.br/ANO5_N2_PDF/ip0502skaba.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD