BDBComp
Parceria:
SBC
SIDI - Sistema Distribuído para o Intercâmbio de Dados de Saúde

José Palazzo M. de OliveiraNina EdelweissCora H. F. Pinto Ribeiro

No Brasil, o acesso a dados relativos à saúde pública é limitado, devido à variedade de soluções adotadas pelas diferentes instituições de saúde para armazenar e recuperar as informações. Este artigo apresenta uma proposta para acesso integrado a informações do Sistema Único de Saúde Pública Brasileiro – SUS. A possibilidade de acesso integrado às informações clínicas e administrativas do SUS resulta em um conjunto relevante de benefícios sociais, desde o uso mais racional dos recursos disponíveis até a melhoria do atendimento médico. No sistema integrado, as informações fornecidas pelas instituições locais devem estar de acordo com um conjunto mínimo de dados equeridos pelo governo federal. Informações adicionais podem ser também fornecidas, a partir de decisões locais. O artigo apresenta os conceitos utilizados para a definição da arquitetura de um sistema integrado, de modo a proporcionar acesso heterogêneo e autônomo aos sistemas de banco de dados locais das instituições de saúde pública. A proposta aqui apresentada foi validada através da construção de um protótipo. Os resultados dessa proposta foram incorporados pela Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre – PROCEMPA em sistemas utilizados pelo SUS.

http://www.ip.pbh.gov.br/ANO3_N2_PDF/ip0302palazzo.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD