BDBComp
Parceria:
SBC
Controle Social pelos Excluídos: Modelos para a Sociedade da Informação

Linda Phipps

Ao considerar papéis e modelos do impacto das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) na nossa sociedade democrática - a "Sociedade da Informação", tem havido uma crescente preocupação sobre os "possuídos" e os "despossuídos" - os ricos/pobres em informação, ou os ricos/pobres em conhecimento. Na prática, as TIC podem ser consideradas neutras em si mesmas. As TIC constituirão um capacitador. Aplicações positivas e benéficas, que melhorem a democracia e o controle social, são uma escolha consciente e respon- sável da nossa sociedade. Então como as novas TIC poderiam criar novos caminhos para os socialmente excluídos e carentes? Como o risco de exclusão pode ser minimizado e as oportunidades para inclusão maximizadas? Como o impacto dos projetos de TIC nestes grupos pode ser avaliado? Procurando examinar estas questões, a metodologia empregada consentiu em abordar mais de trinta iniciativas, principalmente locais, e projetos nos setores público e de voluntariado, para expor e comparar suas abordagens e para desenvolver a participação de mais grupos de excluídos, controle social e avaliação do impacto destas iniciativas. Isto mostrou que tem havido pouca avaliação sistemática. Modelos de impacto são em grande parte descritivos, mostrando como o arcabouço do projeto evoluiu, e aspiracionais, em vez de avaliativos ou comparativos, ou voltados para a replicabilidade. Além disso, a avaliação tem sido em grande parte enfocada a partir do ponto de vista dos fornecedores e organizadores, em vez dos usuários. Em resumo, este artigo (1) examina o conceito de exclusão social, (2) considera modelos para descrever e avaliar o impacto potencial e real das novas TIC nos grupos mais carentes - por exemplo, sucesso e efetividade ao assegurar a participação, (3) considera e compara alguns destes modelos em maior detalhe e (4) traça conclusões gerais sobre os processos para aumentar a transparência e inclusão, enfoques para a avaliação, políticas para o desenvolvimento da função das TIC nos setores público, de voluntariado e relacionados, e indica direções para futuras pesquisas.

http://www.ip.pbh.gov.br/ANO2_N1_PDF/ip0201phipps.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD