BDBComp
Parceria:
SBC
Uso de Agentes no Processo de Requisitos em Ambientes Distribuídos de Desenvolvimento

Miriam SayãoJulio Cesar S. P. Leite

Dentre as atividades de Engenharia de Software desenvolvidas no decorrer do desenvolvimento de um sistema de software, as mais intensivas em comunicação são aquelas ocorridas na fase do Processo de Requisitos. Nesta fase interagem diferentes atores ou interessados1: usuário, cliente, desenvolvedor, engenheiro de requisitos, coordenador do projeto, inspetores de qualidade. Cada um desses atores desempenha um papel no processo, visando atingir seus próprios objetivos; todos colaboram visando atingir um objetivo comum, que é a obtenção, ao final do processo de desenvolvimento, de um produto de qualidade que atenda às necessidades dos clientes e usuários. Defendemos a idéia que o paradigma de agentes é adequado para apoiar a solução de problemas encontrados no desenvolvimento distribuído de software, no qual fatores como distância, dificuldades de comunicação e diferenças em fusos horários colocam dificuldades adicionais aos atores. Nossa argumentação é validada pela modelagem das atividades de verificação e validação de requisitos, com o uso da modelagem i* para mostrar a intencionalidade de diferentes atores nesse processo

http://wer.inf.puc-rio.br/WERpapers/artigos/artigos_WER05/miriam_sayao.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD