BDBComp
Parceria:
SBC
Desenvolvendo Use Cases a partir de Modelagem Organizacional

Victor F.A. SantanderJaelson F. B. Castro

O paradigma de desenvolvimento orientado a objetos tem conquistado fervorosos adeptos na comunidade de engenharia de software. Um dos mais importantes avanços foi o surgimento da UML, uma linguagem padronizada para modelagem visual. Tipicamente Diagramas de USE CASES tem sido usados para capturar requisitos funcionais do sistema a ser desenvolvido. Contudo, o desenvolvimento de sistemas computacionais ocorre dentro de um contexto onde processos organizacionais estão bem estabelecidos. Portanto, é preciso capturar os requisitos organizacionais para definir como o sistema pretendido irá satisfazer os objetivos da organização, por que ele é necessário, quais as alternativas existentes, quais as implicações das alternativas para as várias partes interessadas, etc. Lamentavelmente UML e técnicas baseadas em cenários em geral, não estão equipadas para modelar os requisitos organizacionais. Precisamos de outra técnica, tal como i*, para representar estes aspectos. Contudo, os requisitos organizacionais precisam ser relacionados aos requisitos funcionais, representados através de Diagramas de Use Case. Neste artigo apresentaremos algumas diretrizes que podem auxiliar o engenheiro de requisitos a desenvolver Diagramas de Use Case em UML a partir dos modelos organizacionais propostos na técnica i*

http://wer.inf.puc-rio.br/WERpapers/artigos/artigos_WER00/santander.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD