BDBComp
Parceria:
SBC
Uma avaliação dos recursos exigidos pelos diferentes sistemas de produção de bovinocultura de corte para a cidade de Araçatuba-SP, utilizando modelos matemáticos fuzzy

Adriano Gomes GarciaMagda da Silva Peixoto

A bovinocultura de corte no Brasil apresenta-se comopredominantemente extensiva, ocupando grandes áreas naturaistransformadas em pastagem. Seus impactos negativos já sãosentidos, como a perda de área de biomas brasileiros, prejudicandoespécies da fauna e da flora que sofrem com a perda de habitats.Uma alternativa para a diminuição da área ocupada é aintensificação da pecuária, buscando maior produtividade; porém,ela requer um aumento no consumo de água e de suplementação paraos animais; suplementos, que hoje, são baseados em farelo de soja,principalmente. Neste trabalho, foram elaborados três modelosmatemáticos, que têm como variável de entrada o tamanho do rebanhoe como saídas, a área de produção, a água utilizada e a quantidadede soja ingerida para os três diferentes sistemas de criação degado de corte (extensivo, semi-intensivo e intensivo), através desistemas baseados em regras emph{fuzzy}. Utilizando os modelos,pode-se prever a demanda de recursos de cada um dos sistemas equal é mais vantajoso ambientalmente. Foi realizada uma simulaçãopara a cidade de Araçatuba, interior de São Paulo, cujosresultados mostraram uma redução significativa da área depastagem, porém um forte aumento da demanda de água, através daintensificação da pecuária. É apresentada então uma proposta deaplicação de semi-intensificação, de forma a diminuir a quantidadede água e a área demandada na produção de suplemento.

http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/cbsf/2012/0035.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD