BDBComp
Parceria:
SBC
Criação de mapas de disparidades empregando análise multi-resolução e agrupamento perceptual

Gustavo Teodoro LaureanoMaria Stela Veludo de Paiva

Inspirado no sistema de visão humano, a Visão Estéreo é uma área importante em visão computacional. Ela está relacionada com a recuperação de informações tridimensionais a partir de um par de imagens. Apesar de já ser estudada há muito tempo, visão estéreo apresenta alguns problemas quanto a mudança de perspectiva das câmeras, dentre eles, os problemas de oclusão e ambigüidade têm atenção especial, e compõe a base do problema estéreo, chamado de Problema da Correspondência. Em trabalhos relacionados, técnicas locais são vantajosas por sua rapidez, mas não produzem bons resultados. Por outro lado, técnicas globais normalmente chegam a bons resultados, mas possuem um alto custo computacional. O principal objetivo desse trabalho é reduzir os efeitos do problema da correspondência em visão estéreo usando uma abordagem essencialmente local, evitando assim o alto custo computacional característico das técnicas globais, mas também adotando técnicas que ajudem a reduzir os efeitos de oclusão e ambigüidade da cena. Duas estratégias são utilizadas: a análise multi-resolução com piramides de imagens e força de agrupamento perceptual, chamada de teoria Gestalt na psicologia. Os resultados obtidos são próximos àqueles produzidos pelas técnicas globais, com a vantagem de requerer menos complexidade computacional. O uso da teoria Gestalt faz desse trabalho uma abordagem moderna sobre a estimação de disparidades, já que ela tem sido utilizada em pesquisas recentes sobre visão computacional.

http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/wvc/2008/003.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD