BDBComp
Parceria:
SBC
Reduzindo o Custo do Teste de Integração com Algoritmos Evolutivos Multiobjetivos e Diferentes Medidas de Acoplamento

Wesley Klewerton Guez AssunçãoThelma Elita ColanziAurora Trinidad Ramirez PozoSilvia Regina Vergilio

Para realizar o teste de software orientado a objetos e necessa rio de- terminar uma ordem para integrar e testar as classes que permita minimizar o nu mero de stubs necessa rios para simular o comportamento de classes ainda na o dispon ?veis durante a integrac a o. O uso de algoritmos multiobjetivos per- mite considerar va rios fatores e medidas que afetam a criac a o de stubs, e que por serem geralmente conflitantes impedem a obtenc a o de uma u nica soluc a o. Em estudos realizados comparando diferentes algoritmos, o NSGA-II, um algo- ritmo evolutivo multiobjetivo (MOEA), tem obtido os melhores resultados. No entanto, existem outros MOEAs que na o foram aplicados neste contexto e que podem melhorar o desempenho do NSGA-II. Ale m disso, os trabalhos existentes costumam utilizar somente duas medidas de acoplamento: nu mero de me todos e de atributos. Considerando estas limitac o es, este artigo explora ale m do NSGA-II, o MOEA SPEA2 para resolver o problema em sistemas reais, conside- rando quatro medidas de acoplamento. Duas outras medidas sa o introduzidas: nu mero de diferentes tipos de retorno e de diferentes tipos de para^metros, em adic a o a`s duas medidas tradicionalmente utilizadas. Os resultados permitem a comparac a o entre os algoritmos, e mostram que ambos sa o eficientes para resolver o problema, ja que encontram soluc o es de custo de teste m ?nimo para alguns sistemas, mesmo considerando um nu mero maior de objetivos.

http://www.lbd.dcc.ufmg.br/colecoes/enia/2011/0036.pdf

Caso o link acima esteja inválido, faça uma busca pelo texto completo na Web: Buscar na Web

Biblioteca Digital Brasileira de Computação - Contato: bdbcomp@lbd.dcc.ufmg.br
     Mantida por:
LBD